A nota de 50 reais no chão

Vou desabafar!

Aconteceu uma situação inacreditável!
Estou muito chateado.

Fui ao supermercado e, quando estava na fila para pagar, com a atrapalhação da máscara por conta da pandemia, deixei cair no chão os 50 conto que tinha.
A mulher que estava à minha frente, gentilmente se abaixou e pegou a nota. “Quanta gentileza em tempos como esse”, pensei.

Estendi minha mão, tentando ficar longe pra receber o dinheiro, enquanto a agradecia, com meu olhar de esperança!
Até que a criatura diz o seguinte:
“O que se encontra no chão é de quem encontra” e foi embora naturalmente, dando de ombros, como se ditasse as leis e nada tivesse acontecido!
Olhei para a pessoa que estava atrás de mim, e as que estavam ao lado, e elas me respondiam com um olhar incrédulo, cochichando coisas entre si.
A mulher foi embora, levando os meus 50 conto!

Pensei rapidinho, deixei meu carrinho de lado e a segui até o estacionamento, para falar com ela o quanto aquela situação era absurda e inadmissível! Quando percebi, as pessoas que estavam mais próximas na fila vieram atrás de mim!
A mulher me olhou com desdém e agiu como se eu fosse invisível.
Quando ela chegou no carro, colocou as suas sacolas no chão para abrir o porta-malas. Pensei: “É agora ou nunca!”
Criei coragem, peguei as sacolas de compras e devolvi suas palavras: “o que se encontra no chão é de quem encontra!”

Saí correndo pelo estacionamento até meu carro.
Todos que seguiram a cena começaram a bater palma e mostrar satisfação! A mina ficou furiosa, saiu cantando pneu e ainda derrubou todos os cones do caminho!
Cai na risada e sai logo de lá. Quando cheguei em casa fui fazer as contas:
3 kg de carne (alcatra, lagarto e filé)
2 Kg de peito de frangos
250g de queijo parmesão em pedaço
Salame, azeitonas verdes e pretas,
Presunto, queijo
1 pão de forma integral
1 vidro de azeite,
2 garrafas água com gás
2 caixas de Petra Puro Malte.

Nunca na história da minha carteira, 50 reais foram tão bem aplicados e rentabilizados!
Agora aqui estou eu, tomando uma cerveja gelada com azeitonas e salame, rindo e pensando: sou doido mesmo!
Acho que amanhã o almoço vai ser filé!

Se leu até aqui…

Obviamente, isso não é real, estamos em uma campanha de promoção à leitura! Você tem lido durante a quarentena? A leitura estimula nossa mente e imaginação, nos faz viajar para outros lugares e auxilia na comunicação.
Copia, cola e rouba um sorriso dos seus amigos que estão em stress com esse confinamento e com tanta coisa estranha.
Não é da minha autoria, mas, obviamente, quem conta um conto aumenta um ponto e eu aumentei uns pontinhos.

Abraço.


Texto amplamente divulgado nas redes sociais sem autoria definida.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.