Metas de Mineiro, bão para 2020

– Anota seus querê num papilin e pindure adonde ocê pode oiá os escrito todo dia.

– Mesmo teno os objetivo da baixa da égua, corre atrás dêiz, que tem como pegá. Firma o gorpe, que ocê é aroeira, pau pesado!

– Lembra que pra aprumar é priciso trabaiá firme e muito. Num fica remoeno as coisa. Água passada não toca monjolo.

– Cuida bem da famía. Dê sempre mais que o sustento da sustança da bóia. É ela que sempre te espera no fim da lida e te deixa forgado.

– Num esquenta a cabeça por besteira e num deixa as coisas te tirar do prumo. Seje homi e pense positivo.

– Num fique borocoxô e nem agoniado com os pobrema. Ês existe pra ser resorvido. É coisa de quem nasceu para ser bruto igual canto de cerca.

– Num é na pressa e de quarqué jeito que se pesca piapara. Pacência, dedicação, tranquilidade, boa isca e a tráia certa! Esse é o segredo!

– Assunta sobre as besteira que fez no ano passado e jogue no mato, na moita de gravatá, os pensamento ruim e larga ês lá!

– Murcha as orêia, respira fundo, enche os purmão e grita: VAZA, TREM RUIM!

Vem ni mim, 2020!

E o mais importante: seja um esteio e num deixa acabá os pequi do cerrado das Minas Gerais!

Um 2020 bão bisurdu procêis!


Texto compartilhado nas redes sociais sem autoria definida


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.