As cinco etapas do luto

Elisabeth Kluber Rossi elaborou cinco etapas do luto:

1. Negação – Nesta fase, a pessoa não aceita a perda e não quer falar sobre a mesma.

2. Raiva – Nesta fase, a pessoa se coloca indignada com tudo e todos e se sente não merecedora da perda.

3. Barganha – Nesta fase, o indivíduo passa a propor mudanças em seu modo de pensar e agir como forma de reverter a perda.

4. Depressão – Nesta fase, a pessoa assume sua impotência frente a perda e se torna melancólico e introspectivo.

5. Aceitação – Nesta fase, o indivíduo racionaliza a perda e age de forma sábia e com resiliência frente a perda.

Não é regra que uma pessoa enlutada tenha que passar por todas estas etapas, sendo que algumas atravessam as mesmas de forma rápida e outras venham a se estagnar em uma ou outra fase.

Um luto complicado é aquele que dura mais de 6 meses e a intensidade dos sintomas de humor são proeminentes e trazem redução significativa da qualidade de vida! Os que aqui se enquadram, devem procurar ajuda psicológica!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!