O choro, nossa primeira forma de comunicação

O choro é a primeira maneira que aprendemos de comunicar alguma coisa, é a nossa ação para sobreviver, logo no início da vida.

Mas, com o passar do tempo, usamos o choro também para comunicar nossa frustração ou tristeza. E seguimos aprendendo a regular essa forma de expressão.

Se você é uma daquelas pessoas que vive dizendo pra criança:

♦ Para de chorar!

♦ Precisa de chorar por causa disso?

♦ Não foi nada!

♦ Já chega, né? Tá na hora de parar de chorar!


É bom se atentar a isso:
A criança precisa compreender que chorar não é errado, mas que para comunicar o seu “desagrado” diante de certa circunstância, ela pode se comunicar de outra forma.

Por exemplo, falando a respeito daquele sentimento.

Quando pedimos que a criança se cale em uma crise de choro, estamos mais falando de nós mesmos, do nosso incômodo diante da situação, do que resolvendo o problema.

Eu sei que nosso instinto é tentar calar a criança a todo custo, porque ficamos apreensivas com aquele berreiro e, principalmente incomodadas com o julgamento das pessoas.

Mas, que tal, ao invés de pedir pra parar de chorar, que tal:

1 – Acolher com calma;
2 – Respeitar. Se quiser só chorar, tente abraçar e avisar que você está por perto. Mas, pode ser que nessa hora a criança não queira ganhar um abraço, entenda;
3 – Diga que compreende a frustração, mas explique o motivo de não poder conseguir o que quer naquele momento.

Gostou?
Aproveite e compartilhe o post com alguém que precisa aprender a lidar com o choro.


Por Rúbia Mesquita – 07 de Março de 2021


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!