O Hemograma

Hemograma

O Hemograma é o exame hematológico mais solicitado para se avaliar as principais alterações eritrocitárias, leucocitárias e das plaquetas.

O hemograma corresponde a Leucograma, Eritrograma e avaliação de plaquetas.

O hemograma completo corresponde a Leucograma, Eritrograma e contagem de plaquetas.

Eritrograma: Avalia os valores hematimétricos, índices hematimétricos e as alterações eritrocitárias. O eritrograma é importante no estudo das anemias.

Leucograma: Avalia as alterações quantitativas e morfológicas dos leucócitos. As alterações quantitativas dos leucócitos está diretamente relacionado a verminoses, infecções bacterianas ou viróticas e outras.

Plaquetas: São células anucleadas (sem núcleo) formadas na medula óssea a partir da fragmentação do citoplasma dos megacariócotos. As plaquetas participam ativamente no processo de coagulação.


Pequeno Glossário:

Leucemia: Estado de aumento das células brancas (leucócitos) do sangue. Além do aumento bem característico, também começam a aparecer células jovens, são causados por diversos fatores.

Anemia: Estado de redução das células vermelhas do sangue. Pode ser por deficiência alimentar e ou por perda (hemorragias). Também existem anemias hereditárias.

Hemorragia: Estado critico onde por acidente ou por fatores relacionados a saúde, o sangue sai dos vasos sanguíneos. Pode ser hemorragia interna, ou externa. Dependendo da quantidade do volume de sangue perdido, uma intervenção médica se torna urgente. Uma transfusão sanguínea será então necessária.

Bacteremia: Presença de bactérias no sangue.

Septicemia: Presença de bactérias no sangue e com a sua reprodução e aumento.

Hemácias: São as células vermelhas do sangue. A diminuição da quantidade delas está relacionada a anemia.

Leucócitos: Células brancas do sangue (leucócitos), relacionadas a defesa do organismo. O aumento exagerado destas células está relacionado a leucemias.

Trombose: Estado sanguíneo onde ocorre a coagulação do sangue dentro dos vasos sanguíneos. Pode ocorrer interrupção do fluxo sanguíneo causando perda de membros em situações mais graves.

Agranulocitose: Doença aguda febril grave,  que se caracteriza por leucopenia (Baixa do número de leucócitos). O indivíduo acometido por esta situação fica com a imunidade reduzida e sujeito a enfermidades.


Os termos e definições usadas nesta postagem estão bastante resumidos, são para facilitar a compreensão de pessoas leigas. Para definições mais específicas sugerimos consulta de profissional habilitado e ou pesquisar nos livros de referência.

Robson Moraes Almeida
Farmacêutico Bioquímico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!