Os descobridores da insulina – Prêmio nobel de Medicina e Fisiologia

Em 1922, cientistas da Universidade de Toronto, Canadá, foram para uma enfermaria de hospital com crianças diabéticas, a maioria delas em coma e morrendo de cetoacidose (alto nível de glicose no sangue). A sala estava cheia de pais sentados à beira do leito esperando a morte inevitável de seus filhos. A diabetes era combatida apenas através de uma rigorosa dieta que acabava levando os pacientes à subnutrição crônica.

Os cientistas foram de cama em cama e injetaram nas crianças o novo extrato purificado – insulina. Quando eles aplicavam na última criança em coma, a primeira criança injetada começou a despertar. Então, uma por uma, todas as crianças acordaram de seus comas diabéticos. Uma sala de morte e tristeza, tornou-se um lugar de alegria e esperança. Obrigado Dr. Frederick Banting e Dr. Charles Best, descobridores da insulina o que lhes rendeu o prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!